Vídeo: A criatividade não deriva somente da ambição

Para Freud, a criatividade e a ambição têm a ver essencialmente com a vaidade intelectual, ou seja, com os elementos eróticos presentes no prazer do exibicionismo.

A vontade de obter destaque está presente, mas como fator secundário, pois o que impulsiona o processo criativo nas pessoas com princípios morais mais consistentes é a genuína vontade de aprender.

Compartilhe!