Arquivos da categoria: Artigos

O Lado Obscuro da Palavra

Uma das mais fascinantes aquisições da nossa espécie foi a linguagem. Mesmo dispondo de um cérebro competente e da laringe, foram necessários vários milênios para que pudéssemos construir um conjunto de sons correspondentes a objetos, seus atributos e ações. Depois, os sons tiveram de ser transformados em algum tipo de sinal, de desempenho – precursor… Continue lendo »

Por que príncipes viram sapos

Para entender por que nos decepcionamos com o ser amado, é preciso conhecer o processo de namoro: saber o que leva a nos encantarmos sentimentalmente com alguém. O que faz uma pessoa até há pouco tempo desconhecida se tornar tão indispensável para nós que não imaginamos mais a vida sem ela? Não há como responder… Continue lendo »

O Que é Ser Livre?

Falar sobre a liberdade é uma das questões mais fascinantes da Psicologia. Usamos muito essa palavra, mas temos dificuldade em conceituá-la. Todo o mundo afirma que quer ser livre, mas pouca gente sabe dizer o que quer fazer com a liberdade. É comum pensar que se pode agir sem impor limites à nossa vontade. Não… Continue lendo »

Quando os parentes invadem nossa intimidade

– “Família é pra essas coisas” é um tema perigoso, pois permite que nossa privacidade seja devassada, criando situações embaraçosas e impedindo uma relação mais sadia e madura. Somos educados para distinguir muito claramente os parentes dos amigos e das pessoas em geral. Desde crianças, aprendemos que a família é composta por criaturas sui generis… Continue lendo »

O corpo odeia a intromissão da razão

Não deixa de ser curioso observarmos a existência de uma certa luta de poder entre a mente e o corpo, que tenta de todas as formas manter seu direito a uma existência autônoma, livre da influência da razão – que procura mandar em tudo. Essa parte da vida interior, que pensa, ouve, fantasia e faz… Continue lendo »

As Várias Faces da Mentira

Há um momento na vida em que, graças ao domínio de mecanismos sofisticados da inteligência, aprendemos a mentir. Mentimos jogando com as palavras, contendo gestos, assumindo posturas convenientes – e das quais discordamos – para aliviar tensões. Tentamos esconder aquele traço da nossa personalidade que não nos agrada assumindo uma maneira de ser mais apropriada.… Continue lendo »

Respeite a si mesmo e ganhe autoestima

Só existe autoestima quando uma pessoa vive de acordo com suas ideias, sem ofender o código de valores que ela construiu ao longo da vida. Uma pessoa para quem a honestidade é fundamental poderá ficar rica se aceitar suborno, mas sua autoestima cairá, inevitavelmente. Não é possível alguém gostar de si mesmo, ter um bom… Continue lendo »

Quando falar é agredir

Há opiniões discrepantes em relação às pessoas que são muito cuidadosas e delicadas quando expressam seu ponto de vista, especialmente sobre temas polêmicos. Alguns as julgam falsas e hipócritas, pois escolhem as palavras com o intuito de agradar o interlocutor. Resultado: desconfia-se de sua sinceridade. Outros, porém, pensam de forma diferente. Acham que são espíritos… Continue lendo »

Pelo direito de ser diferente

A questão do amor e da liberdade esbarra com mais um curioso obstáculo, que são os condicionamentos culturais. Tenho sido bastante claro no sentido de afirmar que não acredito tanto nas pressões externas quanto a maior parte das pessoas, que falam da sociedade e suas imposições como se fosse uma espécie de bicho-papão de nossa… Continue lendo »

Concessões, uma forma de evitar atritos

O que leva muitos homens (e mulheres) a aceitar as explicações do cônjuge que chega tarde do trabalho? Não seria mais natural esperar que o companheiro entendesse o nosso cansaço e nos recebesse com carinho redobrado? Por que nos sentimos na obrigação de participar daquele almoço de domingo com a família se preferíamos ir ao… Continue lendo »

Os gordos podem aprender com os magros

Não pretendo ser simplista e afirmar que existe um caminho único e fácil para se resolver a complicada questão da obesidade. Mas proponho uma inversão radical no modo de pensarmos a respeito do assunto. Em vez de nos atermos aos gordos e aos seus hábitos, que tal voltarmos nossa atenção para o modo de ser… Continue lendo »

Por que nos decepcionamos com o amado

Por que nos encantamos sentimentalmente por uma pessoa? Ainda não podemos responder integralmente a esta pergunta fundamental. Fomos capazes de avançar muito a esse respeito nos últimos anos, de modo que algumas conclusões parciais podem ser muito úteis para que cometamos menos erros. Nós nos envolvemos com outra pessoa porque nos sentimos incompletos em nós… Continue lendo »

A Riqueza de um Casamento Romântico

Do ponto de vista teórico, os casamentos com altos e duradouros lances de romantismo deveriam ser muito mais frequentes que aqueles baseados em uma sexualidade rica e exuberante. Mas, na prática, isso não ocorre. Não quero dizer que sejam tão comuns as uniões sexualmente satisfatórias, mas que são raríssimos os casais que conseguem viver, ao… Continue lendo »

Sexo, Remédio Contra o Estresse

Uma das maiores preocupações das pessoas sobrecarregadas de tensões e responsabilidades é encontrar meios de atenuar os malefícios causados à saúde pelo estilo de vida excessivamente acelerado. É claro que o ideal seria viver de maneira menos insana. Mas, diante das dificuldades de romper individualmente com esse modo de vida adotado por toda a sociedade,… Continue lendo »

Sobre estar sozinho…

Não é apenas o avanço tecnológico que marcou o inicio deste milênio. As relações afetivas também estão passando por profundas transformações e revolucionando o conceito de amor. O que se busca hoje é uma relação compatível com os tempos modernos, na qual exista individualidade, respeito, alegria e prazer de estar junto, não mais uma relação… Continue lendo »

Lidar com o sofrimento, um aprendizado

Um aspecto que não pode ser subestimado quando refletimos sobre nossa evolução psicológica é o das peculiaridades inatas. Mais importantes que os obstáculos que a vida nos impõe são nossas forças para ultrapassá-los e tirar deles lições importantes. Portanto, em vez de tentar impedir que nossas crianças sofram, deveríamos ajudá-las a desenvolver seu potencial interior,… Continue lendo »