Namoro: ontem, hoje e amanhã | Entrevista com Flávio Gikovate na Livraria Cultura

Clique aqui, caso não esteja visualizando o vídeo.

Compartilhe!
  • Gustavo

    Dr. Flávio,

    Acrescento apenas que um dos fatores que motivam a individualidade, a despeito do amor romântico, é a independência buscada pelas pessoas. A independência, por si, se contrapõe à dependência associada ao amor romântico.

    Abs,
    Gustavo