Solidão também pode ser bom

As pessoas subestimam o lado bom da solidão. Ela não deve ser entendida apenas como a dor da transição após a ruptura amorosa que causa a sensação de incompletude.

Aprender a lidar com esse desconforto poderá fazer com que sejam encontrados outros caminhos, de acordo com cada temperamento, para se sentirem bem sozinhas.

Compartilhe!
  • camila

    Dr Flavio, fiz um post do seu livro no meu site e postei no insta, o senhor comentou fiquei mto feliz!!!! Eu sou esse tipo de pessoa que prefere ficar sozinha, apesar da solidão, fico vendo minhas amigas, casadas ou que namoram, ai se separam, são traidas e tudo mais, isso meio que me traumatiza , acho que se eu não encontrar um principe nem vou querer casar rsrs… achei engraçado quando falou do microondas, haha … um abraço

  • Icaro Carlos

    Gostaria de parabenizar a você, Dr. Flávio, pelo blog e principalmente pelo último post. Você faz a diferença em minha vida com suas palavras. Obrigado!

  • Paulo Barbas

    Prezado Gikovate, há pouco tempo atrás, assisti um filme, e no final apareceu a seguinte frase: “Uma das coisas mais difíceis é salvar uma pessoa de si mesma”. Gostaria de sua opinião sobre o tema. Saudações
    Paulo Barbas

    • flaviogikovate

      Bom dia, Paulo!
      Para que o Dr. Flávio comente alguma questão, escreva para gikovate@cbn.com.br
      Sobre o assunto, está voltado para a questão do autoconhecimento e da autoestima. Os livros que abordam o tema são: “A Liberdade Possível” e “Mudar”.
      Att.,
      Elaine