Uma Pessoa Verdadeiramente Forte

A gente costuma ouvir que uma pessoa é forte, que tem gênio forte, quando ela reage com grande violência em situações que a desagradam. Ou seja, a pessoa de temperamento forte só está bem e calma quando tudo acontece exatamente de acordo com a vontade dela. Nos outros casos, sua reação é explosiva e o estouro costuma provocar o medo nas pessoas que a cercam. Talvez essas pessoas sejam responsáveis por chamar o estourado de forte, porque acabam se submetendo à vontade dele. Ele é forte porque consegue impor sua vontade, quase sempre por conta do medo que as pessoas têm do seu descontrole agressivo e de sua capacidade para fazer escândalo.

Se pensarmos mais profundamente, perceberemos que as pessoas de “gênio forte” conseguem fazer prevalecer seus desejos apenas nas pequenas coisas do cotidiano. Elas decidirão a que restaurante os outros irão; a que filme o grupo irá assistir; se a família vai para a praia no fim de semana e assim por diante.

As coisas verdadeiramente importantes – a saúde delas e a das pessoas com quem convivem; o sucesso ou fracasso nas atividades profissionais, estudos ou investimentos; as variações climáticas e suas tragédias, como inundações, desabamentos e terremotos; a morte de pessoas queridas – não são decididas por nenhum de nós.

O que leva os de “gênio forte” a comportamentos ridículos: berram, esperneiam e blasfemam diante de acontecimentos inexoráveis, e contra os quais nada podemos fazer. Reagem como crianças mimadas que não podem ser contrariadas! Afinal de contas, isso é ser uma pessoa forte? É claro que não.

Querer mandar nos fatos da vida, querer influir em coisas cujo controle nos escapa, não é sinal de força, como também não é sinal de bom senso, sensatez e de uso adequado da inteligência.

Talvez fosse muito bom se pudéssemos influir sobre muitas coisas que são essenciais. Mas a verdade é que não podemos. Isso nos deixa inseguros, pois coisas desagradáveis e dolorosas podem acontecer a qualquer momento. E não serão nossos berros que impedirão nossos filhos de serem atropelados, nossos pais de morrerem, nossa cidade de ter enchentes ou desabamentos.

O primeiro sinal de força de um ser humano reside na humildade de saber que não tem controle sobre as coisas que lhe são mais essenciais. Sim, porque este indivíduo aceitou a verdade. E isso não é coisa fácil de fazer, especialmente quando a verdade nos deixa impotentes e vulneráveis.

O segundo sinal, e o mais importante, é a pessoa compreender que ela terá que tolerar toda a dor e todo o sofrimento que o destino lhe impuser. E mais – e este é o terceiro sinal -, terá que tolerar com “classe” e sem escândalos.

Não adianta se revoltar. Não adianta blasfemar contra Deus. Ser forte é ter competência para aceitar, administrar e digerir todos os tipos de sofrimento e contrariedade que a vida forçosamente nos determina. É não tentar ser espertinho nas coisas que são de verdade.

As pessoas que não toleram frustrações, dores e contrariedades são as fracas e não as fortes. Fazem muito barulho, gritam, fazem escândalos e ameaçam bater. São barulhentos e não fortes – estas duas palavras não são sinônimos!

O forte é aquele que ousa e se aventura em situações novas, porque tem a convicção íntima de que, se fracassar, terá forças interiores para se recuperar.

Ninguém pode ter certeza de que seu empreendimento – sentimental, profissional, social – será bem-sucedido. Temos medo da novidade justamente por causa disso.

O fraco não ousará, pois a simples ideia do fracasso já lhe provoca uma dor insuportável.

O forte ousará porque tem a sensação íntima de que é capaz de aguentar o revés.

O forte é aquele que monta no cavalo porque sabe que, se cair, terá forças para se levantar. O fraco encontrará uma desculpa – em geral, acusando uma outra pessoa – para não montar no cavalo. Fará gestos e pose de corajoso, mas, na verdade, é exatamente o contrário. Buscará tantas certezas prévias de que não irá cair do cavalo que, caso chegue a tê-las, o cavalo já terá ido embora há muito tempo.

O forte é o que parece ser o fraco: é quieto, discreto, não grita e é o ousado. Faz o que ninguém esperava que ele fizesse.

Compartilhe!
  • Katsumi Arackawa Junior

    Belíssimo texto, Dr. Flavio. Essa reflexão é muito pertinente nos dias atuais. Parabéns!

  • Carlos Freire

    Concordo.
    Fortes são os líderes naturais que, com respeito aos limites dos outros, conquista em vez de impor sua vontade.

  • Lélia Lima

    Bacana Dr. Flávio Gikovate! Texto maravilhoso, assim como suas palestras que estão no you tube sobre inteligência emocional.

  • Carol S.A.

    Nossa,falou tudo! Na minha visão,o q mais tem no Brasil é mimado e por isso,tenho pra mim q esse seja o motivo de tanta miséria e desigualdade… Se as pessoas mudarem seu modo de encarar as coisas,o país muda!

  • rg

    Ótimo texto. Parece que você descreveu pessoas que conheço.

  • Conheço várias dessas “personalidades fortes”kkkkkkkkkk

  • Bem.. mas podemos oscilar ? Podemos em algumas situações ser fortes, em outras fracos ? Ou essa é uma questão de estrutura que permeará todas as situações de modo constante ?

    • Cézar Filho

      Acho que oscilar é natural. Mas pela interpretação, você continuará tendo sentimentos, e oscilará mais por dentro do que por fora. Por que, se for forte, não vai cair em desespero com coisas pequenas. E se for mais forte ainda, é porque aceitou a vida como ela é, dentro dos seus respectivos limites, você e ela.

  • Katsumi

    Dr. Flavio, admiro muito os seus comentários e artigos. Parabéns pelo excelente texto! Ele me fez refletir sobre várias situações e relações que tive com várias pessoas. Simplesmente perfeito!

    Parabéns!

  • betania

    Perfeito!

  • Sueli Batista Soares Silva

    Bom dia,Dr.Teus textos foram-me apresentado pela Doutora Catarina França ,ministrante da Direito Civil,aqui na Estácio de Sá em Natal.Estou muitíssimo grata por obter tamanha sabedoria ,advinda de ti.Deus o abençõe e forte abraço!

  • karla

    meu marido é desse jeito…

  • Mel

    E quando temos essas atitudes de que as coisas tem que acontecer de acordo com nossa vontade apenas com pessoas que tanto amamos como por exemplo o namorado, pais e irmãos?

  • Mel

    Dr. Flávio, e quando essas atitudes de que “as coisas aconteçam ao nosso modo”, principalmente com quem tanto amamos como namorado, irmão e pais. O que devemos fazer para mudarmos nossas atitudes infantis?

  • Danila

    Pra mim uma pessoa de personalidade forte é aquela que não aceita tudo quanto lhe impõem, tem uma opinião formada sobre algo e não muda de opinião tão facilmente, até que lhe provem que ela esta errada em seu modo de pensar.

  • Adorei esse post!! Me identifiquei muito com cada palavra escrita.Pois adoro desvendar a mente humana.
    Simplismente maravilhoso esse texto.

  • Murilo Rocha

    Gikovate !!! Parabéns pelas incríveis palavras … O forte é o que parece ser o fraco: é quieto, discreto, não grita e é o ousado. Faz o que ninguém esperava que ele fizesse. #amém

  • maria

    Eu tenho uma vizinha q colocou um chuveiro bem na minha parede do lado do meu quarto e eles tomam banho gritam a qualquer hora meu esposo trabalha a noite e quer dormi e não pode e tenho genio forte porque falo q isso é errado ate já gritei mesmo e ela faz e faz mais quando falo ela não diz nada ela no caso é o que

  • Lucia Helena Andrade

    Excelente matéria, me serviu demais, exatamente o que estava precisando ler.

  • Simples assim! Óbvio para os sinceros e essencial para quem procura a verdade.

  • Elizabeth Maia de Carvalho

    Prezado Dr. Gikovate, venho deixar meu abraço de admiração um pouquinho atrasada. Mesmo sem conhecê-lo pessoalmente, fiquei muito sentida com a sua partida. Desejo que do fundo do meu coração que o senhor possa ter deixado alguém para continuar seu generoso e importante trabalho. Obrigada por suas sábias palavras e conselhos, ouvidos por mim em alguns programas na CBN. Vou sentir saudade! Abraço grande para o senhor. E algumas lágrimas de ternura também. <3

  • junior feíjo

    Espero que encontre o eterno descanso merecido, por tudo que foi nessa breve passagem, todo esse trabalho irá cada vez mais salvar vidas, isso fica de exemplo para todos que podem fazer o bem de maneira sustentável.

  • Juliane Garcia

    Ja sinto saudade das palavras sabias do Dr Gikovate, ja esta fazendo muita falta..