Os opostos se atraem, mas não se entendem

É voz corrente que, nos relacionamentos afetivos, os opostos se atraem. Diante do fato, a gente se posiciona de forma curiosa: como sempre ouvimos falar disso, consideramos a afirmação absolutamente verdadeira. Não duvidar de sua lógica parece nos conduzir a um “porto seguro” e acabamos acreditando que o fenômeno é inevitável. Por acaso alguém já… Continue lendo »

Respeite a si mesmo e ganhe autoestima

Só existe autoestima quando uma pessoa vive de acordo com suas ideias, sem ofender o código de valores que ela construiu ao longo da vida. Uma pessoa para quem a honestidade é fundamental poderá ficar rica se aceitar suborno, mas sua autoestima cairá, inevitavelmente. Não é possível alguém gostar de si mesmo, ter um bom… Continue lendo »

Todo mundo tem um lado bom?

Ao refletir mais vagarosamente sobre algumas frases de uso corrente, não é raro que nos deparemos com textos que parecem estar, mais que tudo, a serviço de nos provocar enganos. Uma dessas frases é a que dá título a esse texto. A ideia de que, no fundo, aquelas pessoas um tanto cruéis e agressivas tenham… Continue lendo »

A questão da disciplina

A palavra “disciplina” já teve conotação positiva; relacionava-se com valor e era considerada uma aquisição indispensável para o desenvolvimento emocional das pessoas. Ultimamente, passou a ser associada a autoritarismo, a disciplina militar. Pais disciplinadores passaram a ser vistos como pessoas antiquadas, como quem não ama de verdade os filhos. Damos a certas palavras conotações de… Continue lendo »

Simpatia, Antipatia, Chatice

Parece evidente que o sucesso profissional, econômico e social de uma pessoa depende muito da sua capacidade de se relacionar bem com os colegas. Acredito que os dois aspectos mais importantes para um relacionamento construtivo sejam: nossa capacidade de não atribuir valor — positivo ou negativo — a nós mesmos sem consulta aos fatos e… Continue lendo »

Sobre estar sozinho…

Não é apenas o avanço tecnológico que marcou o inicio deste milênio. As relações afetivas também estão passando por profundas transformações e revolucionando o conceito de amor. O que se busca hoje é uma relação compatível com os tempos modernos, na qual exista individualidade, respeito, alegria e prazer de estar junto, não mais uma relação… Continue lendo »

Uma Pessoa Verdadeiramente Forte

A gente costuma ouvir que uma pessoa é forte, que tem gênio forte, quando ela reage com grande violência em situações que a desagradam. Ou seja, a pessoa de temperamento forte só está bem e calma quando tudo acontece exatamente de acordo com a vontade dela. Nos outros casos, sua reação é explosiva e o… Continue lendo »

Café Filosófico homenageia o psiquiatra Flávio Gikovate

Edição especial relembra reflexões realizadas em mais de uma década no programa pelo especialista. Vai ao ar neste domingo (22/10), às 21h, na TV Cultura e no YouTube. A vasta experiência do psiquiatra Flávio Gikovate em trabalhos psicoterapêuticos permitiu que ele compreendesse com tanta singularidade nossas escolhas, os rumos que tomamos e o mundo que… Continue lendo »

Construir o simples: emagrecer

Da escassez, passamos ao excesso. Do menos, passamos ao mais. Da fome, passamos à fartura. Flávio Gikovate discute as questões: a obesidade é um problema biológico ou social? As dietas realmente emagrecem? Como lidar com a cultura do excesso? TV Cultura: “Construir o simples: emagrecer”. (Apresentação: Maria Luisa Mendonça) Programa CPFL: Novas Identidades – A… Continue lendo »

O Lado Obscuro da Palavra

Uma das mais fascinantes aquisições da nossa espécie foi a linguagem. Mesmo dispondo de um cérebro competente e da laringe, foram necessários vários milênios para que pudéssemos construir um conjunto de sons correspondentes a objetos, seus atributos e ações. Depois, os sons tiveram de ser transformados em algum tipo de sinal, de desempenho – precursor… Continue lendo »

Amor Próprio, Amor ao Próximo, Fazer Amor… Que Confusão!

Pensar de forma mais rigorosa é condição necessária para quem deseja ser mais feliz. Pensamos por meio de palavras e frases. Em nosso processo de reflexão, elas desempenham um papel semelhante ao dos números na Matemática. Qualquer erro no uso das palavras determina um engano que, na sequência dos pensamentos, tenderá a se amplificar e… Continue lendo »

Amor é Amor e Sexo é Sexo

Aprendemos que sexo e amor são componentes de um mesmo instinto. Não penso assim. O amor corresponde à agradável sensação de aconchego que sentimos quando próximos de uma criatura especial. É exatamente o que sente a criança no colo da mãe, nosso primeiro objeto do amor: a dor derivada da sensação de desamparo e de… Continue lendo »

Por que príncipes viram sapos

Para entender por que nos decepcionamos com o ser amado, é preciso conhecer o processo de namoro: saber o que leva a nos encantarmos sentimentalmente com alguém. O que faz uma pessoa até há pouco tempo desconhecida se tornar tão indispensável para nós que não imaginamos mais a vida sem ela? Não há como responder… Continue lendo »

As divergências de opinião nos relacionamentos amorosos

Ao caminhar em terreno minado, todo cuidado é pouco. Conversar sobre temas que podem ofender ou magoar o amado exige sabedoria, serenidade e enorme empatia. Empatia significa a capacidade de nos colocarmos no lugar do outro, mas não com a nossa forma de pensar; não se trata de transportar nossa mente para o corpo da… Continue lendo »

Inveja x Gratidão

O que leva uma pessoa a quem ajudamos muito, que morou em nossa casa por um bom tempo e a quem demos todo o tipo de apoio moral e material, a desenvolver tamanha raiva contra a gente? Ela não deveria ser reconhecida e grata? Outro dia, lendo a resenha de um livro, o autor citou… Continue lendo »

As brigas “normais” dos casais

Sempre me surpreendo quando ouço casais falando que só têm aquelas brigas “normais”. Elas costumam ser ricas em gritos, ofensas leves ou moderadas; isso quando não envolvem algum empurrão ou agressões maiores. As razões são as mais variadas, quase sempre relacionadas com ciúmes, dinheiro ou diferenças de opinião acerca de algum tema pouco relevante. Enfim,… Continue lendo »

Alívio da TPM traz felicidade

É chegada a hora de colocar a síndrome mais temida pelas mulheres – e pelos homens – no divã. Segundo a literatura médica e científica, há mais de 150 sintomas físicos e emocionais diferentes relacionados com o período que anuncia a chegada da menstruação da mulher. A tão falada tensão pré-menstrual ou TPM é frequentemente… Continue lendo »

O Que é Ser Livre?

Falar sobre a liberdade é uma das questões mais fascinantes da Psicologia. Usamos muito essa palavra, mas temos dificuldade em conceituá-la. Todo o mundo afirma que quer ser livre, mas pouca gente sabe dizer o que quer fazer com a liberdade. É comum pensar que se pode agir sem impor limites à nossa vontade. Não… Continue lendo »

Romantismo Imaginário

Sou acusado de subtrair o encantamento do amor desde 1976. Na época, achava, como todo mundo, que ninguém podia ser feliz sozinho e que, portanto, o essencial era acertar na escolha do parceiro. Como essa opção decorre de um ato racional, fui acusado de tentar impor rigor científico a algo que deveria acontecer por meios… Continue lendo »